Linguagem Oral e Escrita

Um pouco sobre Linguagem Oral e Escrita
Leitura e Escrita

A língua é rica e múltipla de possibilidades. Nesse sentido, ao ensiná-la a escola tem a responsabilidade de garantir a todos os seus alunos os saberes linguísticos, necessários ao exercício da cidadania, que é um direito de todos.

Ao considerar as crianças ativas na construção de conhecimentos e não receptoras passivas de informações, há uma transformação substancial na forma de compreender como elas aprendem a falar, a ler e a escrever.

Para aprender a ler e a escrever, a criança precisa construir um conhecimento de natureza conceitual: precisa compreender não só o que a escrita representa, mas também de que forma ela representa graficamente a Linguajem. Isso significa que a alfabetização não é o desenvolvimento de capacidades relacionadas à percepção, memorização e treino de um conjunto de habilidades sensório-motoras. É, antes de tudo, um processo no qual as crianças precisam resolver problemas de natureza lógica até chegarem a compreender de que forma a escrita representa a linguagem, e assim poderem escrever e ler por si mesmas. É necessário que desde a Educação Infantil seja trabalhada a linguagem escrita de forma efetiva para um melhor desenvolvimento das crianças.

A aprendizagem da linguagem oral e escrita é um dos elementos importantes para as crianças ampliarem suas possibilidades de inserção e de participação nas diversas práticas sociais. 

"A educação infantil ao promover experiências significativas de aprendizagem da língua, por meio de um trabalho com a linguagem oral e escrita, se constitui em um dos espaços de ampliação das capacidades de comunicação e expressão e de acesso ao mundo letrado pelas crianças. Essa ampliação está relacionada ao desenvolvimento gradativo das capacidades associadas às quatro competências linguísticas básicas: falar, escutar, ler e escrever". (MELLO; MILLER, 2008).

A linguagem oral possibilita comunicar ideia, pensamentos e intenções de diversas naturezas, influenciar o outro e estabelecer relações interpessoais. Seu aprendizado acontece dentro de um contexto. As palavras só têm sentido em enunciados e textos que significam e são significados por situações. A linguagem não é apenas vocabulário, lista de palavras ou sentenças. É por meio do diálogo que a comunicação acontece. É preciso ensinar, desde a educação infantil, as crianças o sentido das coisas para que elas aprendam com significado.

Na Educação Infantil, o professor deve sempre trazer a realidade para dentro da sala de aula, levar o aluno a refletir sobre a escrita, para um bom desenvolvimento das atividades escolares. 

"No ato de ler e escrever, além de mobilizar o conjunto dessas funções intelectuais, a criança também precisa ter vontade de expressar ou comunicar alguma experiência vivida, por tudo isso a aprendizagem da escrita é importante para o desenvolvimento humano, e por ser importante a aprendizagem da escrita devemos fazer com que ela aconteça de maneira adequada" (MELLO E MILLER, 2008). 

A linguagem oral e escrita é de extrema importância, pois é através da mesma que aprendemos tudo, e damos sentido a tudo em nossa volta. O processo de aprendizagem deve ser feito com muita delicadeza e atenção, principalmente na Educação Infantil. O professor deve sempre estar buscando novas formas e práticas para o ensino da leitura e escrita. Através de atividades lúdicas, as crianças vão compreendendo que tudo que for ensinado na escola deve ter um sentido.  

Leitura e Escrita

CONTEÚDOS PARA DESENVOLVER A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL:
 
Desenvolvimento oral e ampliação do vocabulário.
Descrição de fatos e gravuras (interpretação, descrição e compreensão).
Diferenciação entre letras, símbolos e números.
Relato de experiências.
Jogos Verbais: reconto, rimas.
Produção de textos coletivos e histórias (oralidade).
Nome (reconhecimento e escrita livre).
Reconhecimento nome de outras pessoas.
Identificação de sons das letras no início das palavras.
Estudo e reconhecimento das letras.
Escrita espontânea.
Rótulos.
Ordenação de cenas.
Gêneros textuais: trava-língua, parlendas, advinhas, poemas.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MEC (Ministério da Educação) Parâmetros Curriculares Nacionais. Língua Portuguesa. Brasília, MEC.1998.

MELLO, S; MILLER, S. O desenvolvimento da linguagem oral e escrita em crianças de 0 a 5 anos. Pró-Infantil: Curitiba, 2008.
SANTOS, Leonor Werneck dos. Oralidade e escrita nos PCN de língua portuguesa. Disponível em http://www.filologia.org.br

Veja também
Atividades educação infantil
Parâmetros Curriculares Nacionais - Educação
Músicas Escolares - Educação Infantil - Vetor
Conheça nossos Projetos
Projeto Higiene e Saúde na Educação Infantil
Projeto Cuidando do Meio Ambiente
Veja também
Atividades Folclóricas
Atividades de Reforço
Atividade de Arte
Atividades de Ciências
Atividades de Geografia
Atividades de Ensino Religioso
Atividades Datas Comemorativas
Atividades de História - Ensino Fundamental
Atividades Números Ordinais - Ensino Fundamental
Atividades Sistemas de Medidas - Ensino Fundamental
Atividades Números Naturais - Ensino Fundamental
Atividades As Quatro Operações Matemáticas - Ensino Fundamental
Parâmetros Nacionais Curriculares - Educação
Atividades Leitura e produção de textos - Ensino Fundamental
Atividades de Ortografia - Ensino Fundamental
Atividades de caça palavras - Ensino Fundamental
Atividades de cruzadinhas - Ensino Fundamental
Educação Infantil